O casal que divide tarefas da casa tem mais prazer no amor e é mais feliz a dois. A divisão das tarefas domésticas entre o casal será que ajuda ou prejudica o relacionamento?

Muitos são os estudos que têm sido publicados relativos a este assunto e muitos acabam por serem contraditórios.O tempo em que era o homem que saía de casa para trabalhar e que sustentava a casa, enquanto a mulher ficava em casa a cuidar dos filhos e das tarefas domésticas já faz parte do passado.

Nos dias de hoje ainda pode ser uma realidade para alguns casais, mas acredito que seja uma percentagem muito reduzida.A mulher, e falo na generalidade, lutou imenso para garantir o espaço que ocupa atualmente, quer na sociedade, quer no mercado de trabalho.Muitos foram os preconceitos (e alguns infelizmente ainda o são) a que as mulheres foram sujeitas até conseguirem alcançar o patamar em que atualmente se encontram, ou seja, o sucesso fora de casa, no seu trabalho, na sua vida profissional.�

Atualmente vemos diversos cenários: homens que ficam em casa a cuidar das responsabilidades domésticas enquanto as esposas saem para trabalhar e manter a casa; o contrário, ou seja, mulheres que ficam em casa enquanto os homens trabalham, o que é cada vez mais incomum; casais em que ambos trabalham e apenas um assume a totalidade ou a grande parte das responsabilidades em casa e os casais em que ambos trabalham e que dividem equitativamente as tarefas domésticas.Mas afinal quais serão os mais felizes?

Quais serão os que apresentam uma melhor performance amorosa e consequentemente mais prazer?O que muitos também não sabem ou simplesmente não querem saber ou acreditar, é que a divisão equitativa das tarefas e das responsabilidades relativamente aos filhos proporciona maior felicidade entre o casal. Interessante não te parece?

Um estudo recente comprova isso mesmo. Como o autor deste estudo não concordava com um estudo anterior, que mencionava que a divisão das tarefas domésticas entre o casal era um dos motivos para o desinteresse sexual entre o casal e consequentemente um dos motivos para o divórcio, decidiu realizar um estudo que comprovasse exatamente o contrário. E conseguiu!

Comprovou que os casais que dividem as tarefas domésticas, bem como os cuidados com os seus filhos, para além de serem mais felizes na generalidade, são principalmente mais felizes na sua intimidade, tirando mais e melhor prazer. Sim é mesmo verdade!�

Se o objetivo do casal é ter e manter uma relação de intimidade saudável, precisa da mesma parceria com as obrigações e rotinas da vida diária.

Se ainda estás cético/a quanto a isto, muda de atitude e mostra à tua companheira ou ao teu companheiro de que és capaz de ajudar nas tarefas domésticas… em pouco tempo verás os resultados e os benefícios que esta simples mudança de atitude te trará!

2